ADVComm - Tecnologia Fotoluminescente e Acessibilidade

Solicite um Orçamento

Nome*

E-mail*

Telefone*

Mensagem

Não preencher:

Estudante americano explica como o brinquedo LEGO ajuda os cegos a “enxergarem”

“É uma forma móvel, portátil e acessível para ver o mundo se você não pode vê-lo”. Com esse pensamento em mente, o estudante norte americano Matthew Shifrin explica como o brinquedo LEGO ajuda os cegos a “enxergarem”, a terem uma visão de mundo que vai muito além do que conseguimos imaginar.

Vivendo em Boston, o adolescente tem cegueira congênita, ou seja, é deficiente visual desde o nascimento. Tal condição fez com que ele criasse mecanismos para conseguir ver. Com ajuda de Lilya, uma amiga da família, ele passou a usar as peças de LEGO para ampliar a sua imaginação aos 13 anos de idade, criando um sistema direcionado à pessoas com perda total ou parcial da visão. Assim nasceu o Lego for the Blind, projeto baseado no poder da linguagem, onde eles compartilham os documentos que ajudam a usar o brinquedo temático, divididos de acordo com o produto adquirido, como o Pop Star Recording Studio.

lego

Através de instruções de texto, feitas por Lilya, que o levam ao longo de todo o processo de construção, o criativo consegue erguer as mais variadas e detalhadas formas, como o Castelo de Hogwarts, da saga Harry Potter, ou o Empire State Building, icônico edifício de Nova York.

Para as pessoas videntes, a visão é o sentido dominante e de grande confiança, o que faz com que elas cruzem uma rua facilmente, por exemplo. É fácil associar a capacidade de enxergar aos olhos, mas, nos casos como o de Matthew, a visão está totalmente relacionada ao cérebro.

lego-for-the-blind

Segundo uma explicação do canal Braincast, “muitos estudos descobriram que as habilidades auditivas e táteis podem ser melhoradas em indivíduos cegos – eles são como super-heróis sensoriais. Em um estudo, os pesquisadores vendaram os olhos de participantes com visão normal, deficientes visuais e totalmente cegos, e pediram para apontar para a fonte de um som. Os participantes totalmente cegos foram significativamente melhores do que os outros grupos – eles poderiam criar o mapa espacial mais preciso sem qualquer entrada visual.”

Para o garoto, a LEGO é capaz de dar oportunidades diferentes para perceber o mesmo mundo, recriando a vida real. Só que em miniatura. “E também realmente dá à pessoa cega um senso de escala. Ele permite que você veja o que você seria incapaz de sentir. Você não pode escalar o Taj Mahal ou a Tower Bridge ou qualquer um destes marcos famosos, mas com estes conjuntos [de peças] você é capaz de recriá-los em toda a sua glória”. Desta maneira literalmente construtiva, Matthew vai além do que os videntes poderiam alcançar.

lego-matthew

Instruções de LEGO para cegos:

instrucoes-para-lego

lego2

lego-para-deficientes-visuais

Publicada em Acessibilidade, Blog.
Comentários

Cadastra-se para receber conteúdo exclusivo.

Estudio Fante - Agência Digital