ADVComm - Tecnologia Fotoluminescente e Acessibilidade

Solicite um Orçamento

Nome*

E-mail*

Telefone*

Mensagem

Não preencher:

Reportagem Jornal da Manhã Rede Globo sobre Sinalização de Combate a Incêndio e Pânico

O Jornal da Manhã da Rede Globo fez uma reportagem sobre o incêndio na última quarta-feira em Camaçari Salvador. Uma tragédia envolvendo explosão seguida de desabamento na Farmácia Pague Menos. Os jornalistas ressaltaram que a lei é clara, as edificações precisam de projetos de segurança.

A repórter Juliana Cavalcanti esteve ao vivo do Corpo de Bombeiros em Salvador. Em entrevista ao Capitão Carlos Grimaldi, que é coordenador de vistorias no Estado de Salvador, Juliana mencionou dados do primeiro semestre desse ano, em que foram realizadas 397 análises, 442 vistorias e mais de 200 ações fiscalizatórias pelo Corpo de Bombeiros em Salvador.

De acordo com o Capitão Grimaldi, o advento do decreto 16.302/2015 possibilitou ação efetiva do serviço de fiscalização e um crescimento significativo na prevenção contra incêndio e pânico. Para esse ano, espera-se um acréscimo de 30% a 40% das fiscalizações e licenciamento das edificações em Salvador.

“O processo de licenciamento de uma edificação junto ao Corpo de Bombeiros inicia-se com a apresentação de um projeto de segurança contra incêndio e pânico ao órgão técnico do Corpo de Bombeiro. Esse projeto vai ser analisado por um setor técnico específico e tende a ser aprovado de acordo com as normas vigentes. O segundo passo pra que possamos licenciar uma edificação e para que ela esteja segura, é realizar uma vistoria in loco para verificar se aquele projeto foi executado em sua plenitude, ou seja, se de tudo aquilo que o profissional especialista na área indicou que fosse colocado, se o empresário realmente instalou em sua edificação. Só após essa validação é emitido o AVCB. Esse Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros certifica as condições mínimas de segurança que a edificação vai possuir.” –  Esclarece o Capitão entrevistado.

O Capitão ressaltou cinco tópicos preventivos que as edificações devem ter no mínimo:
1- Saídas de Emergência;
2- Equipamentos e Extintores,
3- Sinalização de Emergência;
4- Iluminação de emergência;
5- E uma quantidade mínima de brigadistas naquela edificação, que são os funcionários treinados para atuar em caso de princípio de incêndio.

As placas de sinalização de combate a incêndio e pânico utilizadas na reportagem são ADVComm.
Na entrevista, o Cap. Carlos Grimaldi destacou quatro modelos de fundamental importância:

reportagem_juliana_jornal_manha_globo_sinalizacao

Onde estão presentes os equipamentos extintores;

reportagem_sinalizacao_incendio_jornal_manha_globo
Se possui rede hidráulica de combate a incêndio e Hidrante;

reportagem_incendio_salvador_sinalizacao_globo
Qual é a rota de fuga a ser seguida em caso de uma situação de incêndio ou pânico. Qual é o local mais seguro a ser seguido. Por onde os ocupantes devem sair;

materia_jornal_globo_sinalizacao_incendio_
E onde está a saída final. O último acesso, o último vão a ser vencido para que a pessoa esteja em um local seguro.”

Imagens: reprodução/Jornal da Manhã Rede Globo

Confira a entrevista na íntegra, clicando aqui.

A Sinalização ADVComm foi concebida para preservação da vida e atende rigorosamente às leis e normas vigentes para obtenção do AVCB.
Se já possui um projeto de segurança contra incêndio e pânico e precisa orçar a sinalização ou ainda se você precisa de revisão técnica de seu projeto de sinalização contra incêndio e pânico, fale conosco.

Publicada em Blog, Normas, Sem classificação, Sinalização and tagged , , , , , , , , , .
Comentários

Cadastra-se para receber conteúdo exclusivo.

Estudio Fante - Agência Digital