ADVComm - Tecnologia Fotoluminescente e Acessibilidade

Solicite um Orçamento

Nome*

E-mail*

Telefone*

Mensagem

Não preencher:

Sinalização de solo: essencial para a sua segurança

Imagine a seguinte situação: você está no quinto andar de um edifício e, subitamente, as luzes se apagam e o alarme de incêndio soa. Para piorar, já é noite e não há nenhuma luz entrando pelas janelas. A única maneira de deixar o local é pelas escadas do prédio, pois elevadores não funcionam sem energia elétrica.

Esta, sem dúvida, é uma circunstância que ninguém deseja experienciar, mas se o edifício estiver devidamente equipado com a sinalização de segurança contra incêndio e pânico, incluindo as sinalizações de solo, existem grandes probabilidades de que você consiga deixar o local são e salvo.

A sinalização de solo é essencial para proporcionar ainda mais segurança às pessoas e ela pode ser considerada tanto complementar como básica, dependendo da situação, mas é obrigatória, de acordo com a NBR 13434, da ABNT.

A sinalização presente nos pisos é indispensável pelo fato de que em um incêndio a fumaça existente tende a subir. Logo, sem energia elétrica e com uma nuvem de fumaça escura e tóxica à altura de sua cabeça, a única maneira de encontrar alguma sinalização que indique as rotas de fuga, a presença de obstáculos e equipamentos de combate ao fogo é olhando para baixo, justamente onde devem estar implementada a sinalização de solo.

Tipos de sinalização de solo

Obstáculos

A sinalização do piso pode ser usada para identificar diversos obstáculos presentes na rota de fuga, como pilares, vigas, desníveis, degraus isolados entre outros. Para estes casos, a sinalização pode ser feita por meio de faixas indicativas, que podem ou não ter efeito fotoluminescente.

Demarcações

Dependo da situação e da planta da edificação, é preciso sinalizar no solo áreas que assegurem corredores de circulação destinados às rotas de saídas e acesso aos equipamentos de combate a incêndio. Esta sinalização é comumente usada em estacionamentos, depósitos, áreas com maquinários entre outros.

Escadas

Uma escada por si só em condições normais já apresenta o risco natural de queda para qualquer pessoa, em casos de incêndio este perigo é aumentado exponencialmente. Por isso, todos os degraus, em suas bordas laterais, devem ter sinalização de piso, de preferência com efeito fotoluminescente. É importante também que esta sinalização tenha propriedades antiderrapantes.

Área de refúgio e resgate

As pessoas que têm limitações físicas ou que necessitam de cadeira de rodas para a locomoção precisam ser sinalizadas sobre as áreas de refúgio e resgate, pois não estão aptas a deixar a edificação sozinhas. Para tanto, o piso e a rota de fuga devem ser demarcados com sinalização, que pode ser feita por lâminas de policarbonato, vinil autoadesivo fotoluminescente ou estêncil para pintura.

Equipamentos

Todos os extintores, mangotinhos, mangueiras, hidrantes, alarmes e quaisquer outros equipamentos necessários para o combate e extinção de incêndio também devem ser sinalizados no solo de maneira a serem encontrados mais facilmente em casos de queda de energia. Os materiais utilizados para esta sinalização – quem podem ser vinil autoadesivo ou lâmina de policarbonato – devem apresentar efeito fotoluminescente.

Para saber mais sobre sinalização de segurança contra incêndio, clique aqui.

Publicada em Blog, Dicas de Sinalização, Leis e Normas de Sinalização, Sinalização and tagged , , .
Comentários

Cadastra-se para receber conteúdo exclusivo.

ADVComm © 2021

Política de Privacidade

Feito por:

Agência - Marketing Digital

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.